Consultório Quiroprático

Dr. Joaquim Valdivia Tor
Especialista em Coluna Cervical - Atlas Orthogonal

Girona

Lesões desportivas

O estado da coluna vertebral dos desportistas é vital para os seus resultados em competições e para diminuir a incidência de lesões desportivas.

Muitos desportistas utilizam a quiroprática para se manterem em forma e seguirem a participar nas suas actividades desportivas.

Dwight Stones

  • Dwight Stones

    Dwight Stones

Dwight Stones começou a competir a nível olímpico a partir de 1972, ano em que ganhou a medalha de bronze no salto em altura. Desde então, bateu o recorde mundial 10 vezes.

Na procura do ouro, no verão de 1983 começou um tratamento quiroprático.

Depois de uns anos sem competir, recuperou gradualmente a forma. À idade dele, muitas pessoas pensaram que já não poderia fazer nada, mas saltou 2,37m (7’8’’) batendo o recorde americano e ficou primeiro nas “Olympic Trials”.

Michael Strahan

  • Michael Strahan

    Michael Strahan

Michael Strahan foi tratado quiropraticamente durante os três últimos anos. Strahan, antes de começar o tratamento, tinha muitas dores de cabeça e de pescoço e tinha os ombros rígidos, entre outras coisas.

Desde que começou o tratamento quiroprático específico da coluna cervical, Strahan seguiu as três temporadas sentindo-se em plena forma como nunca se tinha sentido antes, segundo conta ele.

Arnold Schwarzenegger

“Somos uma equipa perfeita. O mundo do fitness e o mundo da quiroprática”. (1995)

  • Arnold Schwarzenegger

    Arnold Schwarzenegger

Martina Navratilova

  • Martina Navratilova

    Martina Navratilova

“Um quiroprático pôs o meu corpo em forma. Desde então, visito-o muitas vezes por distintos problemas e soluções (...). Depois de tudo, a gente gosta daquilo que funciona.” (1998)

Lance Armstrong

  • Lance Armstrong

    Lance Armstrong

O Dr. Jeff Spencer foi ciclista na equipa olímpica de 1972 e trabalhou com o Lance Armstrong desde 1999 no Tour de França.

Joe Montana

Joe Montana e a sua família utilizam a quiroprática para ajudar a manter uma saúde óptima e um estilo de vida activo. Joe sempre foi um fã da quiroprática.

  • Joe Montana

    Joe Montana

Tony Schumaker

Tony Schumaker, piloto profissional de “dragsters”, ganhador do campeonato em 1999, em 2005 (com 31 anos) sofreu um acidente quase mortal a 482,8 Km/h. Sofreu numerosas lesões (partiu a perna esquerda por 7 sítios, várias fracturas...) e quando se recuperou do acidente viu-se incapacitado para voltar a pilotar devido ao seu mal-estar geral: tonturas, enxaquecas, dores de coluna e cervicais, etc.

Tony começou o tratamento quiroprático especializado na coluna cervical e, ao fim de um mês, recuperou-se das suas debilidades e voltou a pilotar.

  • Tony Schumaker

    Tony Schumaker